Podem acusar o “Drive” de muita coisa, mas ninguém no seu perfeito juízo pode negar que é um filme com um sentido estético do outro mundo.

Neste vídeo, que é fundamental para quem está iniciando na fotografia cinematográfica, Tony Zhou explica o essencial sobre o trabalho do diretor de fotografia Newton Thomas Sigel no filme de 2011.

Porque a boa fotografia não precisa de sliders, steadycams, gruas ou drones de última geração para ser eficaz. Certo?